Girl in a jacket

Título: Criopreservação de recursos genéticos vegetais: preservando plantas para o futuro 
Ministrante (s): Izulmé Rita Imaculada Santos 
Local: Lab Botânica H1 29/10
Dias e horário: 24 e 25/09/2018, 07:00 às 11:30h  
Materiais que os alunos devem levar: material para anotações 


Ementa: 
A criopreservação é a tecnologia utilizada para a conservação em longo prazo de 
células, tecidos e estruturas biológicas vivas, em nitrogênio líquido (N 2 L), a temperaturas 
ultrabaixas (-150 a -196°C), em bancos de germoplasma. Ela requer a desidratação das 
células, tecidos e estruturas antes do congelamento e do armazenamento em nitrogênio 
líquido. No caso dos recursos genéticos vegetais, a criopreservação tem aplicação na 
conservação em longo prazo de espécies de plantas de uso atual ou potencial que 
produzem sementes recalcitrantes ou intermediárias ou que são de propagação vegetativa. 
Entretanto, a criopreservação de células e tecidos de plantas ainda é uma ferramenta pouco 
utilizada no Brasil, principalmente devido à carência de cursos de capacitação 
teórico/prática compreensiva em criopreservação de recursos genéticos vegetais, os quais 
são fundamentais para a formação de profissionais treinados para atuar nessa área. Esse 
minicurso é uma oportunidade de contribuir para reduzir essa lacuna e de contribuir para a 
formação de estudantes sobre a criobiotecnologia de recursos genéticos vegetais. 

1. Objetivos do minicurso 
- Proporcionar conhecimento teórico sobre a criopreservação de estruturas reprodutivas e 
vegetativas de recursos genéticos vegetais; 
- Promover o intercâmbio de conhecimentos e a formação de recursos humanos na área de 
criopreservação de recursos genéticos vegetais; 

2. Tópicos para discussão 
- Conservação e utilização de recursos genéticos vegetais – contextualização; 
- Criopreservação de recursos genéticos vegetais: histórico, conceitos básicos; 
- Técnicas disponíveis para a criopreservação de estruturas reprodutivas e vegetativas de 
plantas; 
- Aplicação da criopreservação para a conservação em longo prazo de recursos genéticos 
vegetais; 
- Avaliação da viabilidade, integridade biológica e genética após a criopreservação: 
germinação, regeneração in vitro, teste de tetrazólio, condutividade elétrica, fluorescência, 
estudos anatômicos e moleculares; 

Programa: 
Dia 1 – (24/09/2018)
- Conservação e utilização de recursos genéticos vegetais – contextualização; 
- Criopreservação de recursos genéticos vegetais: histórico, conceitos básicos; 
- Aplicação da criopreservação para a conservação em longo prazo de recursos genéticos 
vegetais no mundo - desafios para a implementação de coleções em criogenia; 
- Avaliação da viabilidade, integridade biológica e genética após a criopreservação: 
germinação, regeneração in vitro, teste de tetrazólio, condutividade elétrica, fluorescência, 
estudos anatômicos e moleculares; 

Dia 2 – (25/09/2018) 
- Técnicas disponíveis para a criopreservação de recursos genéticos vegetais; 
- Criopreservação de sementes ortodoxas - preparo de amostras, determinação do teor de 
umidade, curva de desidratação e congelamento. 
- Criopreservação de espécies com sementes recalcitrantes ou intermediárias; 
- Criopreservação de espécies de propagação vegetativa: utilizando as técnicas de 
vitrificação, encapsulamento-desidratação e V-cryoplate; 
- Isolamento, vitrificação, congelamento e descongelamento de ápices caulinares;